26 de agosto de 2013

COMPORTAMENTOS QUE ENFRAQUECEM NOSSA ENERGIA

1. Pensamentos obsessivos

Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos – mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

2. Sentimentos tóxicos

Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpa também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energias e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

3. Maus hábitos, falta de cuidado com o corpo

Descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.

4. Fugir do presente – As energias são colocadas onde a atenção é focada.

O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão

Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e a si mesmo, fica “energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal

Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro

Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados

A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. À medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio. Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente: “você não me terminou! Você não me terminou!” Isso gasta uma energia tremenda. Ou você a termina ou livre-se dela e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude. O desenvolvimento do autoconhecimento, da disciplina e da determinação farão com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9. Afastamento da natureza

A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.

Vera Caballero
Referência

23 de agosto de 2013

A ANTIMATÉRIA


Mistérios do Universo - O que é Antimatéria?

Essa com certeza não é uma pergunta fácil de responder nem tampouco de entender.

Antimatéria é exatamente o que você pode estar pensando que é - o oposto da matéria normal, da qual é feita a maior parte do nosso universo. Até pouco tempo, a presença da antimatéria no nosso universo era considerada apenas uma teoria. Em 1928, o físico britânico Paul A.M. Dirac revisou a famosa equação de Einstein, E=mc2 e concluiu que Einstein não considerou que o "m" na equação - massa - poderia ter propriedades tanto negativas como positivas. A equação de Dirac (E = + ou - mc2) permitiu considerar a existência de antipartículas no nosso universo. Cientistas, desde então, provaram que existem várias antipartículas.
Essas antipartículas são, literalmente, imagens-espelho da matéria normal. Cada antipartícula possui a mesma massa que a sua partícula correspondente, mas as cargas elétricas são inversas. Aqui vão algumas descobertas sobre antimatéria no século XX:

pósitrons - elétrons com uma carga positiva ao invés de negativa. Descobertos por Carl Anderson em 1932, os pósitrons foram a primeira evidência de que a antimatéria existe;

antiprótons - prótons que possuem uma carga negativa ao invés da carga positiva normal; em 1955, pesquisadores de Berkeley Bevatron produziram um antipróton;

antiátomos - emparelhando pósitrons e antiprótons, cientistas do CERN (em inglês), a Organização Européia para a Pesquisa Nuclear, criaram o primeiro antiátomo; nove átomos de anti-hidrogênio foram criados, cada um durando apenas 40 nanosegundos; já em 1998, pesquisadores do CERN estavam impulsionando a produção de átomos de anti-hidrogênio para 2.000/h.

Quando a antimatéria entra em contato com a matéria normal, essas partículas iguais, mas opostas, colidem para produzir uma explosão emitindo radiação pura, que é emanada a partir do ponto da explosão à velocidade da luz. Ambas as partículas que criaram a explosão são totalmente aniquiladas, deixando para trás outras partículas subatômicas. A explosão que ocorre quando antimatéria e matéria interagem, transforma toda a massa de ambos os objetos em energia. Os cientistas acreditam que esta energia é mais poderosa do que qualquer outra que possa ser gerada por outros métodos de propulsão.

Então, por que ainda não construímos um motor de reação matéria-antimatéria? O problema em desenvolver a propulsão de antimatéria é que há uma falta de antimatéria existente no universo. Se houvesse quantidades iguais de matéria e antimatéria, provavelmente, veríamos essas reações ao nosso redor. Como não existe antimatéria ao nosso redor, nós não vemos a luz que resultaria da sua colisão com a matéria.

A teoria mais aceita para a origem do universo é a do Big Bang que diz que tudo se iniciou numa grande expansão. Nos primeiros instantes o universo não era constituído por matéria, mas sim por energia sob forma de radiação. O universo então passou a expandir-se e, consequentemente, a arrefecer. Pares de partícula-antipartícula eram criados e aniquilados em grande quantidade. Com a queda de temperatura a matéria pôde começar a formar hádrons, assim como a antimatéria a formar antihádrons, pois matéria e antimatéria foram geradas em quantidades iguais. Atualmente, no entanto, parece que vivemos em um universo onde só há matéria. Como dito acima, a colisão entre partículas e antipartículas destrói ambas. Como pode ter havido mais partículas no início do universo, elas são tudo o que restou. Pode não haver antipartículas naturalmente existentes em nosso universo hoje. Entretanto, cientistas descobriram um possível depósito de antimatéria próximo ao centro da galáxia, em 1977. Se isso realmente existir, significaria que a antimatéria existe naturalmente, eliminando a necessidade de fabricação de nossa própria antimatéria.

Por enquanto, nós teremos que criar a nossa própria antimatéria. Por sorte, existe uma tecnologia disponível para criar antimatéria através da utilização de aceleradores de partículas de alta energia, também chamados de "destroça-átomos". Destroça-átomos, como o CERN, são grandes túneis revestidos com supermagnetos poderosos que os circundam para acelerar os átomos a velocidades próximas à da luz. Quando um átomo é enviado através deste acelerador, ele colide com um alvo, criando partículas. Algumas dessas partículas são antipartículas que são separadas pelo campo magnético. Esses aceleradores de partículas de alta energia produzem apenas um ou dois picogramas de antiprótons por ano. Um picograma é um trilionésimo de um grama. Todos os antiprótons produzidos no CERN em um ano seriam suficientes para acender uma lâmpada elétrica de 100 Watts por 3s. Seriam necessárias toneladas de antiprótons para viajar a destinos interestelares.

Referência

21 de agosto de 2013

O SILÊNCIO, O VAZIO, A ESSÊNCIA


[...] Cada som nasce no silêncio e morre no silêncio. Sua curta duração é cercada pelo silêncio. O silêncio torna possível que o som aconteça. É uma parte intrínseca mas não manifesta de cada som, nota musical, melodia ou palavra. A "fonte de tudo" está presente neste mundo como silêncio. Essa é a razão pela qual dizem que nada neste mundo é tão parecido com Deus quanto o silêncio. Só o que temos de fazer é prestar atenção a ele. Mesmo durante uma conversa, fique consciente dos espaços entre as palavras, dos curtos espaços de silêncio entre as frases. Ao fazer isso, uma dimensão de serenidade cresce dentro de você. Não conseguimos prestar atenção ao silêncio sem que, ao mesmo tempo, estejamos serenos em nosso interior. O silêncio está do lado de fora e a serenidade, dentro de nós. Do mesmo modo que o som não pode existir sem o silêncio, nenhuma coisa pode existir sem o nada, sem o espaço vazio. Cada objeto material ou cada corpo veio do nada, é cercado pelo nada e vai voltar para o nada. Até mesmo no interior de cada corpo físico existe muito mais “nada” do que “algo”. Os físicos nos dizem que a solidez da matéria é uma ilusão. Até a matéria aparentemente sólida, como o nosso corpo, é quase 100 por cento espaço vazio, tão grandes são as distâncias entre os átomos em comparação com o tamanho deles. Além disso, mesmo no interior de cada átomo, a maior parte é de espaço vazio. Então o que resta? Nada ou quase nada! O que resta é muito mais frequência vibracional do que partículas de matéria sólida.

“Forma é o vazio, o vazio é forma”, afirma o Sutra do Coração, um dos mais antigos e conhecidos textos budistas.

A essência de todas as coisas é o silêncio, o vazio. [...]

(Eckhart Tolle)

19 de agosto de 2013

440Hz – CONSPIRAÇÃO CONTRA A MENTE HUMANA?


A maior parte da música mundial é afinada em 440Hz desde que a International Standards Organization (ISO) aprovou em 1953. As descobertas recentes da vibração – oscilação natural do universo indica que essa afinação contemporânea pode gerar um efeito prejudicial à saúde ou um comportamente anti-social na consciência dos seres humanos.

A=432Hz, conhecido como de Verdi, é uma afinação alternativa que é matematicamente consistente com o universo. Músicas baseada em 432Hz transmitem energia de cura benéfica, porque é um tom puro da matemática fundamental da natureza.

Há uma teoria que diz que a mudança de 432Hz para 440Hz foi ditada pelo ministro de propaganda nazista, Joseph Goebbels. Ele usou-a para fazer com que as pessoas pensassem e sentissem de uma certa maneira, e para fazê-los prisioneiros de uma certa consciência. Então, por volta de 1940, os Estados Unidos introduziram mundialmente o 440Hz, e finalmente em 1953, tornou-se o padrão pela ISO.


440Hz é o padrão antinatural de afinação, sem a simetria das vibrações sagradas e harmônicas e que tem declarado guerra ao subconsciente do homem ocidental.

Em um manuscrito intitulado “Musical Cult Control” (Controle Musical Oculto), Dr. Leonard Horowitz escreveu: “A indústria da música tem essa frequência imposta que é para “pastorear” populações para uma maior agressividade, agitação psicossocial e sofrimento emocional que predispõe as pessoas a doenças físicas”.

Você apenas tem que ir até a rua e olhar ao redor. O que você vê? Crianças da escola, jovens indo para o trabalho, uma mulher com seu bebê na praça, um homem com o seu cachorro – e o que eles tem em comum? IPods e tocadores MP3 e celulares! Engenhoso, não é?

“Se você quer encontrar os segredos do universo, pense em termos de energia, frequência e vibração.” –Nikola Tesla

A elite está com sucesso reduzindo as vibrações, não só das jovens gerações, mas também de todos nós também. Estas frequências destrutivas arrastam os pensamentos para a interrupção, desarmonia e desunião. Além disso, elas também estimulam o órgão controlador do corpo – o cérebro – em ressonância desarmônica, que em última análise cria a doença e a guerra.

A diferença entre 432Hz e 440Hz. Ouça e entenda!



Frequência e vibração detêm um poder extremamente importante, ainda escondido para afetar as nossas vidas. nossa saúde, nossa sociedade e nosso mundo. A ciência da Cimática (ou seja, o estudo do som visível e vibração) prova que frequência e vibração são as chaves mestras e fundação organizacional para a criação de toda a matéria e da vida neste planeta.

Quando as ondas sonoras se movem através de um meio físico (areia, água, ar, etc), a frequência das ondas tem um efeito direto sobre as estruturas que são criadas pelas ondas sonoras que passam por esse meio particular.

Para entender melhor o poder da frequência sonora, assista o vídeo abaixo.



“Se alguém deseja conhecer se o reino é bem governado, se sua moral é boa ou ruim, a qualidade de sua música irá fornecer a resposta” – Confúcio

A música tem um poder oculto para afetar nossas mentes, nossos corpos, nossos pensamentos e nossa sociedade. Quando a música é baseada em um padrão de afinação do qual é propositadamente retirado os harmônicos naturais encontrados na natureza, o resultado final pode ser a intoxicação psíquica da mente em massa da humanidade.

Como o documentário Kymatica diz, a redescoberta do conhecimento da ciência do som mostra que o som é algo mais do que meros sinais vibratórios, não só o som interagi com a vida, mas sustenta-a e desenvolve-a. Ele atua como um canal de intenção consciente entre as pessoas, sociedades e civilizações inteiras.

Fonte: http://www.whydontyoutrythis.com/2013/08/440hz-music-conspiracy-to-detune-good-vibrations-from-natural-432hz.html?m=1
Tradução: Bruno Garcia Fermiano

>> http://trumpetarticles.wordpress.com/2013/08/07/440hz-conspiracao-contra-mente-humana/

17 de agosto de 2013

NANOPARTÍCULAS REPROGRAMAM CÉLULAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO PARA COMBATER CÂNCER

No laboratório os cientistas UGA injetaram nanopartículas
(NPs) nas mitocôndrias das células cancerosas e ativou as
NPs com luz lazer para a produção de espécies reativas de
oxigênio (ROS), causando a morte celular por apoptose e
necrose.  As células cancerosas mortas ativaram células
 dendríticas.  Quando injetado para dentro do corpo,
as células dendríticas, em seguida, sinalizaram células
T para atacar as células cancro. 
Pesquisadores da Universidade da Geórgia estão desenvolvendo uma nova técnica de tratamento que utiliza nanopartículas que reprogramam células do sistema imunológico para que eles sejam capazes de reconhecer e atacar o câncer.

No entanto, a maioria das células cancerígenas são capazes de evitar a detecção pelo sistema imunológico, porque assim se assemelham a células normais.

Isso deixa as células cancerígenas sem se multiplicar e se transformar em tumores de risco de vida, enquanto apenas protetores do corpo permanecem inconscientes.

"O que estamos trabalhando é especificamente voltado para o câncer de mama", disse Shanta Dhar, co-autor do estudo e professor assistente de química na UGA Franklin College of Arts and Sciences.

Estimulação imune eficaz

"Nossos relatórios de papel para a primeira vez que podemos estimular o sistema imunológico contra as células do câncer de mama, usando nanopartículas mitocôndrias-alvo e luz, utilizando um caminho novo."

Em seus experimentos, Dhar e seus colegas expuseram as células cancerosas em uma placa de Petri de nanopartículas especialmente projetados. As nanopartículas invadiram a célula e penetraram nas mitocôndrias - organelas responsáveis ​​pela produção de energia de uma célula que necessita para crescer e replicar.

Em seguida, as nanopartículas ativada no interior das células do cancro, expondo-as a uma luz laser de comprimento de onda longo do tecido-penetrante. Uma vez ativadas, as nanopartículas interromperM os processos normais da célula do câncer, o que levou à sua morte.

As células mortas foram recolhidas e expostos a células dendríticas, um dos principais componentes do sistema imune humano. O que os pesquisadores viram foi notável.

"Nós somos capazes de superar potencialmente algumas das desvantagens tradicionais para imunoterapia de células dendríticas de hoje", disse Sean Marrache, um estudante de pós-graduação no laboratório de Dhar."Visando nanopartículas para as mitocôndrias de células cancerosas e expondo as células dendríticas para as células tumorais ativadas, verificou-se que as células dendríticas produzidas de uma elevada concentração de sinais químicos que normalmente não produzem, e estes sinais são tradicionalmente essencial para produzir estimulação imunológica eficaz. "

Dhar acrescentar que as "células dendríticas, reconhecendo o cancro como algo estranho, começou a produzir altos níveis de interferon-gama, que alerta o resto do sistema imunitário a uma presença externa e sinaliza isto para atacar. Nós basicamente o câncer contra si mesmo ".

Uma nova vacina contra o câncer

Ela adverte que os resultados são preliminares, e a abordagem só funciona com certas formas de câncer de mama. Mas se os pesquisadores podem refinar o processo, esta tecnologia pode um dia servir como base para uma nova vacina contra o câncer usado para prevenir e tratar a doença.

"Estamos particularmente espero que esta técnica possa ajudar os pacientes com doença metastática avançada, que se espalhou para outras partes do corpo", disse Dhar, que também é membro da UGA Nanoscale Science e Engineering Center, Cancer Center e Center for Drug Discovery.

Se o processo se tornasse um tratamento, os médicos podem partir de uma biópsia de tumor do paciente e matar as células cancerosas com nanopartículas. Eles podem, em seguida, ativados produzem células dendríticas em grandes quantidades no laboratório, sob condições controladas antes que as células foram injetadas no paciente.

Uma vez no sangue, as células recentemente ativadas iria alertar o sistema imunitário para a presença do cancro e destruí-lo. "Podemos refinar ainda mais o processo, que pode ser capaz de usar técnicas semelhantes contra outros tipos de câncer também", disse Dhar.

O trabalho foi financiado por uma doação de inicialização do National Institutes of Health para UGA, UGA pelo Gabinete do Vice-Presidente de Pesquisa de Dhar, e por uma concessão do National Institutes of Health para Harn.


16 de agosto de 2013

ENERGIA DO PENSAMENTO

Cientistas da Física Quântica já descobriram que o pensamento é energia. Em suas pesquisas descobriram que o olhar do observador afetava o resultado das experiências. Leiam o texto abaixo:

Parte do texto de Julie Redstone:

A NOVA CIÊNCIA DA ENERGIA DO PENSAMENTO.

Há uma nova ciência do pensamento e da energia que se formará, enquanto a vida é compreendida mais plenamente em termos espirituais… Esta nova ciência espiritual terá muitos níveis de expressão, no entanto, um dos básicos é que ela criará uma compreensão do relacionamento do pensamento com a energia, e da energia com os corpos energéticos dos outros, tanto humanos como não humanos.

Uma premissa fundamental desta nova ciência é que o pensamento é energia, não energia física, mas parte de um continuum de energia espiritual que afeta e é parte da vida como um todo.

Quanto mais puro, mais claro e mais cheio de luz for o pensamento, mais potente ou dirigida pode ser a energia que o libera. No entanto, não importa quão obscuro possa ser um pensamento, ele ainda libera energia na direção do seu conteúdo, valência emocional e motivação.

Começar a mudar os pensamentos, ou mesmo observá-los, de inicio, parece uma tarefa quase impossível, mas não é. É simplesmente uma prática que vai se adquirindo aos poucos.

Nossos pensamentos são resultado, em grande parte, do que acreditamos, pois estão baseados em nossas crenças.

Se pensamento é energia, como está a energia dos seus pensamentos?

Se você atrai coisas boas pra sua vida isso significa que a energia dos seus pensamentos está atraindo situações de mesma frequência, ou seja, você tem pensamentos bons que criam uma energia boa e assim atraem pessoas e situações boas pra sua vida.

Referência

13 de agosto de 2013

REFLEXO DA EXPERIÊNCIA


"Mesmo o experimentar é secundário. Principal é a expansão infinita da consciência, a possibilidade eterna, o potencial imensurável de tudo o que foi, é e será. Quando você olha para alguma coisa, é o máximo que você vê, mas você imagina que você vê uma nuvem ou uma árvore.

Aprenda a olhar sem imaginação, para ouvir sem distorção: isso é tudo. Pare de atribuir nomes e formas para o que é essencialmente sem nome e sem forma, perceba que cada modo de percepção é subjetiva, que o que é visto ou ouvido, tocado ou cheirado, sentido ou pensado, esperado ou imaginado, está na mente e não na realidade, e você vai experimentar a paz e ficar livre do medo.

Mesmo o sentido de 'eu sou' é composto de pura luz e sentido de ser. O "eu" é que, mesmo sem o 'sou'. Assim é a pura luz lá se você diz "eu" ou não. Conscientize-se da luz pura e você nunca vai perdê-la. O estado de ser em ser, a consciência na consciência, o interesse em cada experiência. Que ainda não é descritível, perfeitamente acessível, pois não há nada mais"
(Ramana Maharshi)

7 de agosto de 2013

UMA CAMADA DE MICROESFERAS PODE RETARDAR ONDAS SONORAS

microspheres_on_substrate




Fotografia de uma matriz bidimensional de microesferas aderido a um substrato (crédito: Tian Gan)
MIT investigadores têm criado matrizes bidimensionais de 'micrograins' que pode retardar ondas acústicas, tanto a forma de cristais, especialmente concebidos e pode controlar a passagem de ondas de luz ou de outra.

O material granular se comporta como um cristal, com seus grãos close-embalados imitando o exato arranjo ordenado de átomos cristalinos.

Os pesquisadores dizem que a descoberta pode levar a uma nova forma de controlar as frequências em dispositivos eletrônicos, como celulares, mas com componentes que são apenas uma fração do tamanho daqueles atualmente utilizados para essa função. Em uma escala maior, que poderia levar a novos tipos de material de alto-blindagem para uso em combate ou por pessoal ou equipamento de segurança pública.
Um artigo sobre a pesquisa aparece na revista Physical Review Letters, escrito por Nicholas fang , a Brit e Alex d'Arbeloff Career Development Professor Associado em Design de Engenharia; Nicholas Boechler, ex-MIT agora pós-doutorado na Universidade de Washington, e quatro colegas -autores.

Microesferas guia e ondas sonoras lentas

A pesquisa sobre as propriedades dos materiais granulares - coleções de pequenos grãos, como areia ou pequenas contas de vidro - tornou-se "um campo rico e rápido desenvolvimento," escrevem os pesquisadores. Mas a maior parte dessa investigação tem incidido sobre as propriedades das partículas de areia de tamanho, cerca de um milímetro de diâmetro, Fang diz. O novo trabalho é o primeiro a examinar as diferentes propriedades das partículas que são cerca de um milésimo desse tamanho, ou um mícron de diâmetro, cujas propriedades eram esperados para ser "qualitativamente diferente."

Em seus experimentos, a equipe usou uma única camada de microesferas para orientar e diminuir as ondas sonoras (conhecidas como ondas acústicas de superfície, ou serras) viajam através de uma superfície, Fang diz.Os pesquisadores usaram as ideias que tinham anteriormente aplicados na pesquisa sobre controle de ondas de luz, diz ele, que envolveu o uso de cristais fotônicos.

SAWs são amplamente utilizados em dispositivos eletrônicos, como celulares, Fang diz que, "como os relógios que dão um único sinal de freqüência ... para sincronizar chips diferentes ou partes de um chip." Mas com o novo sistema ", podemos diminuir o tamanho do dispositivo" necessário para serras de processamento, diz ele. Hoje em dia os osciladores de serras são relativamente volumosos, Fang diz, mas a utilização de um material granular 2-D para guiar e retardar as ondas podem permitir que tais dispositivos sejam apenas um sexto a sua dimensão atual, estima.

Dispositivos menores, novos tipos de sensores

Além do mais, a natureza 2-D deste sistema poderia permitir que ele seja fabricado direita em um chip, junto com os circuitos de controle necessárias e outros componentes. Osciladores de hoje, pelo contrário, são tipicamente dispositivos separados colocados ao lado do conjunto de chips que os controla, Fang diz - para que, em casos onde o tamanho pequeno é importante, o novo trabalho tem o potencial para permitir dispositivos eletrônicos ainda menores.

O sistema poderia também ser utilizado para desenvolver novos tipos de sensores, tais como microbalanças capazes de medir pequenas alterações no peso, diz.

O mesmo princípio também pode levar a um novo tipo de explosão de blindagem de material, Fang sugere. Se as ondas acústicas - tais como as ondas de choque intensas de uma explosão - bater o material bidimensional em ângulo recto, muita energia pode ser convertida em ondas superficiais que são transportadas para o lado de fora do material. Um sanduíche de muitas camadas de tal material pode fornecer proteção substancial de uma explosão em uma forma leve e fácil de usar, embora tais aplicações provavelmente vai exigir ainda mais substancial de pesquisa, Fang diz.

John Page, professor de física e astronomia na Universidade de Manitoba, diz que este é "um trabalho de investigação de alta qualidade. ... Tenho certeza de que seus resultados serão amplamente aceita. "

O trabalho foi financiado pela Defense Threat Reduction Agency e da National Science Foundation.

Referência

1 de agosto de 2013

FORÇA E CORAGEM

Você se considera uma pessoa de coragem?

E, se tem coragem, também tem força o bastante para suportar os desafios da caminhada?

Em muitas ocasiões da vida, não sabemos avaliar o que realmente necessitamos: se de força ou de coragem.

E há momentos em que precisamos das duas virtudes conjugadas.

Há situações que nos exigem muita força, mas existem horas em que a coragem se faz mais necessária.

Eis aqui alguns exemplos.

É preciso ter força para ser firme, mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para se defender, mas é preciso coragem para não revidar.

É preciso ter força para ganhar uma guerra, mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para estar certo, mas é preciso coragem para admitir a dúvida ou o erro.

É preciso ter força para manter-se em forma, mas é preciso coragem para ficar de pé.

É preciso ter força para sentir a dor de um amigo, mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.

É preciso ter força para esconder os próprios males, mas é preciso coragem para demonstrá-los.

É preciso ter força para suportar o abuso, mas é preciso coragem para fazê-lo parar.

É preciso ter força para fazer tudo sozinho, mas é preciso coragem para pedir apoio.

É preciso força para enfrentar os desafios que a vida oferece, mas é preciso coragem para admitir as próprias fraquezas.

É preciso força para buscar o conhecimento, mas é preciso coragem para reconhecer a própria ignorância.

É preciso força para lutar contra a desonestidade, mas é preciso coragem para resistir às suas investidas.

É preciso força para enfrentar as tentações, e é preciso coragem para não cair nas suas armadilhas.

É preciso ter força para gritar contra a injustiça, mas é preciso muita coragem para ser justo.

É preciso força para pregar a verdade, mas é preciso coragem para ser verdadeiro.

É preciso força para levantar a bandeira da paz, mas é preciso coragem para construí-la na própria intimidade.

É preciso ter força para falar, mas é preciso coragem para se calar.

É preciso força para lutar contra a insensatez, mas é preciso coragem para ser sensato.

É preciso ter força para defender os bens materiais, mas é preciso coragem para preservar o patrimônio moral.

É preciso ter força para amar, mas é preciso coragem para ser amado.

É preciso ter força para sobreviver, mas é preciso coragem para aprender a viver.

Enfim, é preciso ter muita força para enfrentar as batalhas do dia-a-dia, mas é preciso muita coragem moral, para vencer a si mesmo.

Força e coragem: duas virtudes com as quais podemos conquistar grandes vitórias. E a maior delas é a vitória sobre as próprias imperfeições.

* * *

A coragem de vencer-se antes que pretender vencer o próximo, de desculpar antes que esperar ser desculpado e de amar, apesar das decepções e desencantos, revela o verdadeiro ser interior, o legítimo homem de valor.

Por essa razão a coragem é calma, segura, fonte geradora de equilíbrio que alimenta a vida e eleva o ser aos altos cumes da glória e da felicidade total.

Fonte
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!